CUT realiza ato em defesa da vida em Itamaraju

Por Gileno Miranda/Águia News em 07/08/2020 às 22:14:53

Atendendo ao chamado da CUT (Central Única dos Trabalhadores) nacional, sindicalistas promoveram na manhã desta sexta-feira (07/08) em Itamaraju um ato alusivo ao Dia Nacional de Luta pela vida, pela democracia, pelos direitos e empregos, em respeito às vítimas do novo coronavírus (Covid 19) e contra a falta de políticas sociais no governo federal.

O manifesto ocorreu na Praça Dois de Julho, região central da cidade, e envolveu representantes de sindicatos de diversas categorias de trabalhadores da região. Respeitando o distanciamento social e usando máscaras de proteção, os dirigentes criticaram o direcionamento do sistema de saúde no país e a carência de políticas em defesa da vida e de assistência às vítimas da pandemia.


No local foram fincadas 23 cruzes, representando o número de mortos pelo Covid 19 até esta quinta-feira (06) em Itamaraju. Faixas espalhadas ao redor denunciavam o "descaso" da saúde pública e pediam melhorias no setor. À parte, cartazes diziam que "quem tem fé defende a democracia".


Ao defender investimentos em setores como a saúde e o respeito aos direitos dos trabalhadores, os sindicalistas reforçaram o pedido de impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e teceram críticas ao governo municipal em Itamaraju, conduzido pelo prefeito Marcelo Angênica (PSDB).


"Não admitimos que vidas sejam perdidas por causa da negligência de pessoas incompetentes e irresponsáveis", sustentou João Climário Lacerda, diretor da CUT no estado da Bahia, ao se referir ao número de vítimas no Brasil e no município de Itamaraju.

Por Domingos Oliveira